{Alê & Tom – Um casamento cheio de emoções e significados}

-

Oi meninas! Ando um pouquinho sumida, né?! Mas não poderia deixar de falar sobre o grande dia da minha melhor amiga! Quase quatro meses se passaram e eu ainda não tinha falado nada sobre o casamento da Alê e do Tom
Sei que vocês já viram algumas postagens que ela mesma fez, mas hoje eu quero compartilhar muito mais com vocês. E, para isso, convidei uma pessoa mais do que especial para contar exatamente como tudo aconteceu. O texto, além de emocionante, é rico em detalhes.

Confiram agora a linda história de amor da minha amiga, sócia e irmã.

Meu nome é Rômulo e eu escrevo pra contar a história de um casamento. Naturalmente, não sou a noiva. Mas também não sou o noivo. No entanto, no final do mês de outubro fui o irmão da noiva mais linda que eu já vi. Não entendo muito de casamentos, mas confesso que um dos meus passatempos preferidos é assistir (às escondidas) aos vídeos de casais que registram este momento e não é raro que eu me emocione junto com eles. Mas dessa vez foi diferente. A emoção era maior ainda porque eu acompanhei de perto a construção da história do casal e o sonho de declararem o amor deles pro mundo inteiro. A minha irmã é tudo pra mim e eu não poderia estar de braços e coração mais abertos no dia em que a minha família recebia um novo membro tão especial. O que eu mais gosto na história da Alê e do Tom é o fato de que a minha irmã nunca sonhou com o próprio casamento, mas passou a sonhar por causa dele. E é assim que a relação deles funciona: o Tom e a Alê se desafiam e crescem juntos o tempo todo. Foi desse jeito que começamos a sonhar com o dia em que eles subiriam ao altar. Tudo teve que chegar a um meio termo para ficar com a cara dos dois. Assim, a cerimônia íntima que ela queria foi equilibrada com o desejo do meu novo irmão de reunir família e amigos que não se viam há muito tempo. Para mesmo assim a cerimônia ser única, eles escolheram uma inspiração que daria ao casamento uma cara só dele. Daí nasceram as referências aos Anos 20, que influenciaram das peças de decoração aos adereços da pista de dança, passando até pelo que a noiva resolveu vestir. Foi bonito ver a atenção aos detalhes com que a Alê cuidava de tudo. Talvez meus olhos pouco treinados nem tenham atentado a tudo, mas o cuidado com os convidados ia da repetição da renda dos convites nos bem-casados até o monograma com as iniciais dos dois que estava presente na pista de dança, no menu, nos utensílios do banheiro e até nos saquinhos do carrinho de pipoca que ficou do lado de fora da festa esperando a saída dos convidados! Tinha muito do meu casal preferido até na decoração, com peças como uma máquina de escrever e um telefone antigos representando as profissões dos dois (ela jornalista e ele engenheiro de telecomunicações).
Embora grande parte da vida deles seja no Rio, decidiram se casar em Nova Friburgo, na Serra, onde os dois cresceram. Assim, a cerimônia foi realizada em um prédio histórico que eu e a noiva observamos nossa infância inteira da janela do quarto. A festa foi realizada, em parte, ao ar livre em um tradicional clube da cidade – Nova Friburgo Country Club -, onde a noiva também tem algumas das suas melhores memórias de infância.
Minha irmã dizia que a cor do casamento era azul, mas eu também vi muito de rosa e verde, com um muro inglês atrás da mesa de doces que fez com que eu me sentisse realmente em um jardim antigo.
Mas mais do que os detalhes da festa, o que me faz assistir vídeos de casamento até de desconhecidos foi o que não faltou na história dos dois: muita emoção! Nunca vi noivo e noiva que choraram no momento em que deram o beijo do “Sim”. Ver minha irmã segurando a emoção quando foi entregue ao noivo pelo pai mexeu com todo mundo. E uma das coisas que eu mais gosto no meu cunhado é que, com um coração tão grande como o dele, não tem o menor pudor em chorar – embora tenha segurado muito a barra!
Ninguém parou um minuto de dançar desde que os dois abriram a pista com um tango ensaiado em segredo. Eu e a Alê dividimos tudo e ela me confessou que estava se roendo para me contar, mas o Tom fez questão de que fosse surpresa pra todo mundo! Nem a melhor amiga e sócia, que acompanhou com ela cada detalhe do planejamento da festa, descobriu. E a noiva brilhou na pista a noite inteira! E digo brilhou em todos os sentidos. O vestido dela aparentemente tinha um corte inspirado nos Anos 20, mas o brilho era mais do que moderno. Ela estava linda e, como queria, muito diferente de uma noiva tradicional. Teve liberdade pra dançar, ficar com o noivo e cumprimentar todos os convidados.
Eles são meu casal preferido. E contar a história deles é um privilégio pra mim justamente porque foi com eles que eu aprendi muito do que o amor é de verdade. Entre todo o mundo, eles dois se escolheram. Tem amor maior que esse? A felicidade da festa e como eles gostam um do outro são claros até mesmo quando eu vejo as fotos e o vídeo. Afinal, era dia de celebrar por estarmos ganhando mais um membro para uma pequena família que se ama muito!
Um abraço,
Rômulo – o irmão da noiva (e agora do noivo!)

PS: Sou suspeito pra falar, mas, de todas as fotos, talvez a minha preferida seja a do primeiro momento em que eu pude abraçar a minha irmã depois da cerimônia. Lembro que enquanto nos abraçávamos eu dizia: “Você não podia estar mais linda! Depois do noivo, de todas as escolhas desse casamento a melhor que você fez foi, de longe, o vestido.”

1013

E aí meninas choraram como eu? Que irmão é esse né?! Rsrsrs… Toda vez que leio, vejo as fotos e o trailer,  choro como se estivesse naquele dia mágico, vivendo cada momento novamente. Costumo dizer que casei 2 vezes, porque estive presente – e me entreguei de corpo e alma – em cada etapa, em cada detalhe, nos momentos de angústia e nos momentos de alegria. Ajudar a realizar o casamento da minha amiga-irmã-sócia foi como realizar o meu sonho porque ela me proporcionou sonhar juntinho com ela cada momento. Me lembro como se fosse hoje quando a Alê apontou na porta da igreja… Nesse momento olhei pro Tom e não consegui me conter… Chorei como uma criança porque vi que tudo que planejamos naquele momento estava se concretizando. Olhar para o Tom com aquela carinha de encanto, vendo a mulher da vida dele entrando, foi uma dos momentos mais emocionantes da minha vida!
Espero que através deste lindo texto e das imagens do querido fotógrafo, Adriano José, vocês consigam vivenciar um pouco este inesquecível dia.

Obrigada por me deixarem dividir essa grande emoção com vocês!

0018

0106

0205

0232

0256

0310

0354

0369

0544

0554

0559

 

0602

0624

0823

0828

0853

0863

0866

0868

0986

1082

1091

1094

1102

1111

1130

1136

1265

1294

1299

1339

1381

1397

1405

1496

1522

1791

 

E aí, gostaram? Hoje mostrei um pouco do making of, da cerimônia religiosa e da festa. Em outros posts vamos falar sobre o trailer e as escolhas da Alê – sapato, vestido, penteado, maquiagem e decoração.  Aguardem!

Beijinhos, Polly.

2 Comentários para “{Alê & Tom – Um casamento cheio de emoções e significados}

  • Alessandra no dia escreveu:

    Simplesmente incrível!
    Como é bom relembrar este momento, melhor ainda é me sentir amada. Como é bom ver minha história de amor sendo contada com tanto amor, com tanto carinho, com tantos detalhes. Exatamente como tento fazer com as noivas que passam pela Recebendo com Estilo. Me sinto extramente feliz por ter um irmão sensível, inteligente e que mesmo com tantos compromissos profissionais, dedicou algumas horas de sua vida, para escrever sobre amor, para escrever sobre a minha história de amor. Como é bom ter uma amiga que embarcou no meu sonho de falar sobre o amor de outras noivas e hoje dedicou parte do seu dia corrido, para também falar sobre a minha história de amor. O meu desejo é que todas as pessoas que fizeram parte desse dia, vivam e sintam o amor como eu. Desejo que todas as noivas que passarem por aqui, se inspirem com a minha história e de todas as noivas que conseguem realizar o seu grande sonho.
    Um beijo, muito especial!

    Responder

  • carminha no dia escreveu:

    Também senti, de novo a emoçã desse dia mágico e sou gray por estar na vida de pessoas tão amorosas comovv , Ale, o Tom, A Polly, o Rômulo e outrss que vieram nessa rede do bem!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *